O homem  na pré história vivia do sol, da água, das folhas, das frutas e da caça quando se tinha para comer. No processo da evolução humana, o ser foi se adaptando a vida moderna e deixando de lado sua conduta alimentar e oferecendo a seus filhos o que a indústria oferece, fast foods, industrializados, conservantes, enfim, aquilo que vem matando e degradando a saúde da espécie.

Durante o processo de digestão, alguns nutrientes competem entre si pela mesma porta de entrada para o organismo. Essa disputa está relacionada à capacidade da substância ser absorvida pela célula e exercer sua função, onde um determinado nutriente está em maior quantidade, ele terá preferência em ser absorvido e o outro, em menor quantidade, será pouco absorvido.

Essa é uma das razões pelas quais pensar sobre as combinações dos alimentos que colocamos no prato é tão importante quando escolher cada componente da refeição, buscando também suplementar e complementar aquilo que o dia a dia não oferece, destacando que as boas escolhas alimentares ajudam a evitar desequilíbrios no organismo e a predisposição a doenças.